Um clássico atemporal

02

Você sabe qual a semelhança entre o comediante Eddie Murphy, a atriz vencedora do Oscar Nicole Kidman, o eterno cowboy americano John Wayne e o ator espanhol Antonio Banderas? É que todos, além de serem verdadeiros ícones da sétima arte, são fãs confessos das clássicas motos Vespa que, no último sábado, dia 23 de abril, completaram 70 anos de existência.

E para celebrar a data, o grupo italiano Piaggio promoveu o lançamento de uma série comemorativa da moto. A Vespa é a mais famosa criação da marca e foi exatamente no dia 23 de abril de 1946 que Enrico Piagio registrou a patente do veículo.

Com o passar dos anos, a Vespa se consolidou como um autêntico símbolo do design inovador italiano e, mesmo com o passar das décadas, permaneceu atual e relevante. A moto, nos dias de hoje, é um clássico que remente à cultura retrô, mas que mantém elementos extremamente cativantes de luxo e estilo.

Não são apenas as personalidades do mundo do cinema que admiram o modelo, o próprio cinema enquanto arte já se utilizou das curvas sedutoras da Vespa para criar algumas de suas produções mais clássicas e mesmo outras artes já se inspiraram no moto italiana.

E se a atemporalidade é uma marca registrada dos bens de alto padrão, ela também é uma das características que perfazem a história da Vespa, afinal de contas, desde o ano de sua criação, mais de 18 milhões de motos da marca já foram vendidas em todo o mundo, mostrando a atualidade do modelo e a paixão que a scooter desperta em milhões de pessoas nos quatro cantos do planeta.

Longa vida à Vespa.

01

Fonte: Terapia de Luxo03

Fonte: Terapia de Luxo

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.