Não quero falar mais nada

meu silencio grita , por mim

não quero escrever mais nada

não quero ouvir mais nada

não quero ser….

quero ser o que sou

o homem que te ama

que sempre te amou

não quero o sol de verão

não quero rosas na primavera

nem o vento que a chuva trás

fui o seu espelho

fui seu amor

sou seu amigo

não tenho poesias

nem mais pensamentos

o sol que não aqueci

o amor que desvanece

o rio que secou

o clamor que não se ouviu

foi a praia , que a onda nunca viu

o filho sem pai,nunca viu

mais foi amor

foi beijos

foram entregas

sussurros que só eu lobo ouvir

paixões , palavras pesadas

amor sem medidas

o que nos fez mudar?

suas cochas me prendiam a você?

minhas pernas segurava você?

seus olhos era espelhos

nossa fragilidade nos quebrou

foi o vinho que derramou

hoje o rio da solidão nos acalenta

na noite cinza , na lua dos pensamentos

fico sem seus beijos

você sem meus abraços abertados

mulher de corpo nu,pele arrepiada

numa noite ,sem luar

eu dominei você ,outo não pode dominar te

por mais que sinto prazer,mais amor você pode me dar

beijos lábios de batom

amor sem ritmo , amor fora do tom

minha vida é olhar para meu olhos ,tentando achar você pela cidade

enquanto em pesamentos você me procura

mais não quero falar mais nada

preciso do meu silencio

preciso ficar comigo .

 

 

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.