Luxo e nobreza na arte da escrita

Luxo na Escrita

Luxo na Escrita

Existem acontecimentos que, ao longo da história, contribuíram de forma decisiva para que a humanidade deixasse de ser mera observadora em um planeta em constante mudança para assumir o papel de protagonista. A criação de mecanismos nunca antes imaginados e a capacidade de registrar tudo o que acontecia deixou um valioso legado para as gerações vindouras.

Entre essas revoluções pelas quais nossos antepassados atravessaram, o surgimento da escrita divide a história em antes e depois. Segundo os registros históricos, foi por volta de seis mil anos atrás que os povos que habitavam a Mesopotâmia, região em que hoje fica o Oriente Médio, criaram a escrita. Se, antes disso, apenas as pinturas nas paredes eternizavam a humanidade, a utilização das primeiras placas de barro com os símbolos gravados representaram um avanço sem precedentes.

Com o passar dos séculos o barro foi sendo substituído por materiais mais refinados como o couro e o papiro e os instrumentos utilizado para deixar as impressões para a posteridade também foram se aperfeiçoando e englobando elementos de arte, estilo e sofisticação. Nos tempos modernos, as canetas fazem parte da vida de bilhões de pessoas em todo o mundo e seus modelos de luxo aliam os características mais desejáveis que a imaginação humana é capaz de conceber.

A indústria do luxo voltada ao segmento de canetas de alto padrão fatura, todos os anos, milhões de dólares em vendas. Executivos, empresárias, estudantes, mães de família e mais um número sem fim de pessoas sente que atributos como elegância, personalidade, estilo e requinte podem ser expressos em palavras e, também, através das canetas utilizadas para escrevê-las.

Recentemente chegou ao mercado brasileiro as Canetas de Coleção, uma exclusiva coleção de canetas-tinteirosinspiradas em grandes personagens da história mundial como o pintor  Van Gogh, o músico Beethoven e o pai da aviação Santos Dumont. Cada exemplar remete a características particulares da personalidade do homenageado e se constitui em uma autêntica peça de colecionador.

Entre as canetas mais incríveis do mundo estão peças em que arte e história realmente se misturam como o modelo Titanic – DNA Foutain. O exemplar foi confeccionado em palladium, ouro e aço e, na sua produção, foram ainda utilizados materiais recuperados do navio afundado. Foram produzidas apenas 88 unidades desta caneta que homenageia o navio e seus sobreviventes.

Outro modelo icônico que está entre os mais desejados do mundo é a Montblanc Boheme Royal, produzida com bico de ouro 18K e com 1430 diamantes lapidados em sua estrutura, a caneta ainda é constituída por 19 anéis de ouro branco. O valor de mercado da peça pode ultrapassar um milhão de dólares.

A arte da escrita, mais do que nunca, pode ser celebrada com luxo e nobreza.

About The Author

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.